Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pensador

Pensador

Ensino Religioso

2016-06-17-09-44-53.jpg

Olá a todos!
 
Pois é caros amigos, saudades de estupidez e de textos parvos? Não se preocupem que vos deixo um já a seguir. 
Estive há uns dias com um professor, que curiosamente só ficou com um horário… Coisa estranha nos dias que correm. 
É professor de Educação Física bem perto de Fátima, o que acaba por geograficamente ajudar miraculosamente às notas dos alunos. Falámos de algumas aulas dadas no, ou perto do Santuário, o que torna uma aula arriscada para meninos em calções. Mas enfim, são opções. 
Quem sabe se os pastorinhos, não iam fazer uma aula de Educação Física e se baldaram para fumar uns “charutos”… Seria um caso único na história, em que o “baldanço” seria promovido a milagre.
 
Mas pegando nesta ideia, acho bastante produtivo aulas destas ao ar livre, e num local tão emblemático e com estruturas excelentes para a prática de alguns desportos, senão vejamos: 
Podem-se usar os peregrinos para praticar os 100 metros barreiras, escalada pode-se fazer na Azinheira, no basket podem usar-se as auréolas dos santos… Aqui desaconselham-se os afundanços para senão eles perdem a patente. 
E é melhor não continuar, pois o tema Fátima e religião é demasiado sensível... A igreja é demasiado sensdível a estes assuntos. Aconselho que usem preservativo que perdem logo a sensibilidade... E tenho dito!
 
Bem hajam!
 

 

Enfardem sem Açúcar

2016-03-16-09-50-27.jpg

Olá a todos!
 
E cá estamos mais uma vez... Acordei com uma notícia que considero, dos acontecimentos mais importantes no mundo, depois do anúncio do último álbum do José Cid... Os Estados Unidos recomendam que se reduza o açúcar na alimentação! 
Aplaudo de pé este avanço de mentalidades! Aplaudo porque se há algo que os Estados Unidos têm, é grandeza! País grande, grandes oportunidades e grandes pessoas! E quando digo grandes, falo mesmo de obesos! Existem lá obesos que sozinhos, comem o suficiente para envergonhar uma morsa grávida com desejos! 
Saber que existe esta recomendação, faz-me sentir que existe esperança no mundo... Mas até certo ponto! Pelo que entendi, esta recomendação é para todo o mundo, o que faz com que este conselho seja hipócrita! O que pensará uma criança na Somália ou na Etiópia, perante conselhos destes? Já para não falar que, apenas os doces são mencionados... Carnes vermelhas e processadas já se podem comer à vontade! Se bem que aqui, admito que faça algum sentido. 
Vamos pensar que o povo que dá um conselho destes, alimenta-se quase apenas de produtos que estão aconselham a agora a não se comer. O que seria dos americanos se dissessem que não se devia comer um belo hamburger? Iam comer o quê? Sopas e vegetais? Vegetais são aquilo que lhes enfeita os quintais e jardins! 
Tenham juízo e passem a comer de forma saudável. 
Ou então venham aprender com os governantes portugueses e ficam na linha rapidamente! Cá não há dinheiro para luxos como as refeições! 
Bem... E vou indo, que está a dar o "Free Willy"... Naaa... É o programa da Oprah... 
Bem hajam!
 

 

Não Snifar o Tracinho

2016-12-12-13-56-18.jpg

 

Olá a todos!
 
E já estão certamente a pensar neste título absurdamente genial que coloquei.
Já sabem todos do que se trata?
Este é talvez, um dos maiores problemas do quotidiano de toda a gente! Para os mais desatentos, pergunto-vos: Qual a pior coisa que vos pode acontecer? Não falo de falecimentos, doenças prolongadas, ou sodomias desenfreadas não consentidas... Falo-vos sim, do sofrimento atroz causado por um qualquer dispositivo a "dar as últimas", a ficar sem bateria.
Quantos de vocês já sentiram aquela desorientação quando apenas se tem um tracinho de bateria? E não se façam fortes. São poucas as coisas que custam mais do que um telefone derreado. Sobretudo quando se tem coisas importantes a fazer, como tirar uma foto do Doce da Avó que servem na tasca da esquina, ou uma foto com o vosso ídolo de cabelo oleoso e com uma ervilha nos dentes.
Precisar de telefonar e ficar sem bateria, não tira o sono a ninguém. Mas a vontade de fazer um Like, ou de comentar fotos de pensamentos profundos como: "Be Calm, Take Xanax"... Bem... E como estou apenas com um tracinho...
 
Bem hajam e liguem-se aos cabos!
 

Pág. 1/4