Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensador

Pensador

Malhar como a Malhoa

2016-04-01-11-36-34.jpg

 

Olá a todos!
 
Trago-vos um texto escrito há uns tempos, mas que continua muito actual e sobretudo de uma importância extrema para todos vocês certamente... Se lêem o que escrevo, a demência faz certamente parte da vossa vida.
 
Antes de mais quero pedir desculpa, às pessoas visadas. Nada contra vocês, mas às vezes para que se possa passar a ideia, temos de "ilustrar" de alguma forma, para melhorar entendimento por parte de quem lê. Não me metam processos, e pensem nisto como publicidade. Se bem que um processo vosso, também poderia servir de publicidade a mim próprio.
 
Já alguém viu o novo videoclip da Ana Malhoa? Sei que este tema poderá chocar muita gente, mas eu sou mesmo assim. Sou quem gosta de agitar as águas e debitar palavras parvas ao ritmo de um Chef a picar cebola. Já alguém se apercebeu na doença de que algumas pessoas padecem relativamente aos ginásios e ao exercício físico? Vejam o videoclip da Ana Malhoa, com as devidas precauções. 
Lembro-me nos meus tempos áureos de que o exercício servia para manter a forma e ter uma saúde de ferro. As coisas entretanto mudaram um pouco e neste momento, o que interessa a muitos é ter um corpo digno de enfrentar um urso à base da galheta. Até aqui tudo bem, ou mais ou menos bem. É que isto poderá acontecer se for um urso sem grande sentido de humor, porque se for dos gozões, estes viciados do exercício serão fortemente derrotados com o riso do urso. E nem é preciso o urso ver o videoclip da Ana Malhoa. 
Bem sei que ter barriguinha pode ser inestético, mas alguém me pode explicar o que tem de atraente ter braços da largura de um barril? Isto quando as pernas não acompanham o mesmo crescimento? Valorizo no entanto o equilíbrio destas pessoas, pois não tombar com umas perninhas fininhas a suportar um tronco do tamanho de uma máquina de lavar deve ser de homem. 
Diz o mito, que quem tem muitos músculos tem problemas de virilidade... Os meus sentimentos para esta gente. Neste caso, a Ana Malhoa tem as pernas a lembrar barrotes... Vejam o videoclip! 
Este culto do corpo transcende tudo o que pode ser racional a nível estético, sobretudo quando falamos em mulheres. Como homem não consigo perceber, o que tem de sexy e feminino, mulheres com corpos que metem no bolso alguns homens das obras. Não é propriamente o meu conceito de beleza ter uma mulher que no caso de se aborrecer comigo, conseguir mudar-me toda a dentição para um fuso horário diferente, ou pelo menos vaporizar-me metade da boca com uma galheta. 
Não mudando de assunto, tentem imaginar um elefante enfiado na bagageira de um Mini... Pode ser que assim, vejam a gravidez da Carolina Patrocínio de outra forma... Aquele feto sofreu! O meu conselho para a Carolina: Come por favor! Não comas só fibra, que há camisolas que podem ficar presas no esófago provocando sufocamento! E também não comas só fruta, pois aí em casa parece que até as Uvas são grandes! O que explica o arquear de pernas... Mas isso será para outro texto. 
Já estão a estranhar não ter falado mais na Ana Malhoa? Mantenham-se tranquilos...
Com o avançar dos tempos, as opções sexuais variadas começaram a ser bem aceites pela sociedade. Mas penso que se está a regredir novamente de alguma forma. É que quando um Gay, se atravessa no caminho de uma mulher com um corpo demasiado trabalhado, pode novamente ficar com dúvidas... Videoclips como os da Ana Malhoa (cá está), com a sua postura quase mais feminina que a do Chuck Norris, poderão facilmente provocar uma erecção em homens como o Goucha. 
O meu conselho, é que façam exercício sim, mas de forma moderada. E tentem apagar das vossas cabeças o videoclip da Ana Malhoa... A bem da vossa saúde!
 
Bem hajam a todos e viva a barriguinha saudável!