Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pensador

Pensador

O Último a Chegar é um Ovo Podre

2019-03-07-20-38-37.jpg

Olá a todos!
 
Sei que não tinham saudades, pois ninguém as tem de estafermos acéfalos que apesar de tudo presunçosamente se denominam de pensadores...
 
Posto isto e para vos situar no tema, todos sabem o que é uma rotunda e as regras da mesma? 
Ou pertencem à categoria de "carapaus de corrida" que prevaricam na aproximação ao demónio de asfalto arredondado? Se sim, isto é para vós. E caso pensem que me vão agredir pelas ofensas que vou proferir contra vocês, devo dizer que raramente nos cruzamos, já que eu uso o lado correcto da via.
 
Todos os que trabalham sabem a correria que é todas as manhãs sair de casa e tentar chegar ao lugar de labuta sem apanhar trânsito. E é aqui que entra a criatividade de quem conduz. Tudo vale para chegar mais depressa do que o carro da frente. Aquele estupor que conseguiu arrancar de carro cinco segundos antes de nós. Quem nunca pensou que no dia seguinte é que vai sair de casa mais cedo, mas nunca consegue? Mas é aqui que entra o descontrolo emocional... Nunca se sai mais cedo de casa. O nosso organismo está formatado para sair sempre à mesma hora. Ou porque adormecemos, ou porque o elevador não chega, ou porque a bexiga exigiu mais do nosso tempo do que é normal... Nunca conseguimos despachar mais depressa, convençam-se disso. Mas isso não justifica o descontrolo que acontece depois. Passam-se traços contínuos, não se respeitam os semáforos, nem regras de prioridade, mas o que me traz aqui hoje caros amigos, é a forma como se abordam as rotundas.
 
A lei é simples. Para quem quer seguir pela primeira saída da rotunda, tem de se aproximar da mesma do lado direito. Todos os outros destinos são abordados pelo lado esquerdo da mesma.
 
O problema é que depois existem iluminados que interpretam a lei de uma forma muito própria. É como se o toque das mãos no volante provocasse um curto circuito nas sinapses existentes dentro da mona das pessoas. A chatice é que este problema é cada vez maior e ataca cada vez mais gente. Hoje de manhã, só faltou aterrar um boeing na zona da rotunda em que impedisse quem se aproximava correctamente da mesma, seguisse o seu destino. Isto enquanto 2 polícias colocados estrategicamente, nada faziam... Estavam a controlar uma obra na zona e como notei, tem de ser feito uma coisa de cada vez. Ou se segue as obras e se acena com o braço para controlar o trânsito, ou se olha para os estafermos transgressores de rotundas.
 
Nestes "carapaus de corrida", apenas costumo venerar duas coisas... A capacidade que têm de conduzir enquanto parecem trabalhar num call center, e também a capacidade de tomarem o pequeno almoço enquanto estão a cantarolar o que passa na rádio... E isto sem cuspirem o pára-brisas.
 
Realmente há pessoas que não interessam o que bebam ou não, até pode ser água, não deviam conduzir!
 
Mas isso é outra conversa.
 
Bem hajam!

 

1 comentário

Comentar post