Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensador

Pensador

Ossos do Ofício

2016-10-13-09-45-58.jpg

Olá a todos!
 
Caros amigos, antes de mais quero apresentar as minhas desculpas, por estar a fazer mais uma publicação manhosa. Sobretudo quando escrevi há uns tempos bem largos. 
Pois bem, neste último fim de semana estive a acompanhar ao vivo, um dos programas de Domingo de um dos canais de TV. É estranho dizer que é ao vivo, quando mais de metade das pessoas que lá estão a assistir, nasceram antes do Afonso Henriques dar uns açoites à mãe… E algumas dessas pessoas já nem percebem sequer que ainda estão vivas… Mas isso é uma questão para outro texto. 
Antes de ir ao assunto propriamente dito, queria agradecer o facto de as produtoras distribuírem bonés, o que ajuda e muito a encontrar alguém no meio de uma multidão. Agora juntem isso a uma pessoa com 300 anos e vêem como é uma tarefa fácil. 
Mas indo directamente para o que me leva a aborrecê-los, quero dizer que fiquei extremamente indignado com as mulheres bonitas, portentosas e "cavalonas" da nossa indústria televisiva. Que ninguém se assuste com isto pois não vou citar nomes… Não quero ser responsável pelo salto de uma varanda de alguém conhecido da nossa praça… Se bem, que atirararem-se da varanda não é solução já que iriam pairar até chegarem cá abaixo. 
Realmente os padrões de beleza feminina são uma coisa que me intriga, pois não vejo nenhuma beleza na população subnutrida seja de que sitio for. E não digam que o que interessa é a beleza interior, pois dá para ver que por dentro nem órgãos têm, e insisto... dá mesmo para ver.  Desaconselho aquele peso a qualquer pessoa, a menos que queira emigrar e não tenha dinheiro para isso. O que não será mal pensado, se morarem perto do Cabo da Roca, ou qualquer outro sitio ventoso… Mas também correm o risco de ir sem destino, se alguém espirrar inesperadamente. 
Voltando ao Domingo, estive sempre a aguardar que com o calor que esteve, desatassem todos a cair com quebras de tensão. Depois nem seria preciso pegar-lhes ao colo, bastava soprar ou varrer cuidadosamente. Têm 50 quilos sim, mas mais de metade pertence aos implantes que de tão grandes que são, estranho como conseguem não cair de cara! 
Sinceramente não consigo perceber os padrões de beleza, numa sociedade que considera bonita uma mulher que tenha os ossos tão salientes, que torna possível pendurar peças de roupa. A maioria das artistas da nossa praça se algum dia se cruzarem com a Angelina Jolie, ela adopta-os! Basicamente no Domingo, percebi realmente que o peso da moda é não ter peso nenhum... E sei que ninguém me vai levar a mal escrever isto, até porque as "bocas" lhes passam literalmente ao lado!
 
Até já e alimentem-se.